Topo

APESP e Wikimedia celebram parceria para difusão de acervo

Publicado em 16/09/2021 | Fonte: APESP/Comunicação

O Arquivo Público do Estado de São Paulo (APESP) e o Grupo de Usuários Wikimedia no Brasil (WMB) estabeleceram um protocolo de intenções com o objetivo de promover a difusão digital do acervo custodiado pelo APESP. Alguns documentos já estão disponíveis online e podem ser acessados na área “carregamento do acervo” na página da própria Wikipédia que registra os detalhes e o andamento da parceria: https://pt.wikipedia.org/wiki/Wikipédia:GLAM/APESP

O Grupo de Usuários Wikimedia no Brasil é uma entidade civil sem fins lucrativos e o acordo visa fomentar a cultura de conhecimento livre colaborativo e o desenvolvimento de mecanismos e processos que intensifiquem a qualidade da inserção do Arquivo Público do Estado de São Paulo nas esferas da internet aberta, em especial na Wikipédia. Serão realizados estudos e ações por técnicos de ambas as instituições, buscando maior divulgação do acervo sob guarda do Arquivo Público.

O APESP trabalha na disponibilização de imagens ou cópias digitais de documentos selecionados do seu acervo e outras iniciativas em conjunto com a WMB, como por exemplo maratonas de edição para aprimoramento e criação de verbetes, além de planejar e implementar projetos visando disponibilizar o seu patrimônio documental de forma acessível na internet.

De acordo com Flávio Ricci, diretor técnico do Centro de Difusão e Apoio à Pesquisa (CDAP/APESP), serão desenvolvidas ações que contribuam para a ampliação do livre acesso às informações e documentos. “Iremos integrar nossas experiências relativas à publicidade e acesso à informação, qualificar a equipe envolvida e apoiar o desenvolvimento de trabalhos que aproveitem o potencial das plataformas Wiki para a difusão do nosso acervo”, diz Ricci.

A previsão é que atividades desta parceria sejam realizadas no período de 1 ano, podendo ser renovado. A difusão em massa dos documentos em domínio público possibilita maior transparência, além de proporcionar à população a ampliação do acesso ao acervo do Arquivo Público, composto por documentos textuais, fotografias, mapas, ilustrações, jornais, revistas e livros que registram a história de São Paulo e do Brasil desde o século 16.

Projeto Piloto – Nesta primeira fase da parceria já foram selecionados 250 arquivos digitais representativos da diversidade de conjuntos documentais do acervo APESP em domínio público, dos mais variados fundos públicos e privados, acrescidos do seus respectivos metadados. Estes itens estão sendo avaliados pelo WMB para garantir que se enquadrem nas condições necessárias para utilização no projeto, em especial a análise jurídica sobre a situação de domínio público, para que possam ser publicados nos domínios da Wikipédia.

Os primeiros documentos do lote piloto já estão disponíveis na plataforma Wiki e podem ser baixados, utilizados para ilustrar verbetes da própria Wikipedia ou até ensejar a criação de novos itens. Nesse lote se destacam documentos desde o período colonial (carta do Rei de Portugal ao seu representante na Capitania), passando pelo Império (lista de escravos fugitivos), e já na República, marcos da imigração (lista de desembarque do Kasato Maru), da Revolução Constitucionalista de 1932 (manual do voluntário e certificado de doação de ouro) e até da Ditadura (Iista de matérias censuradas).

Projetos específicos – Na fase seguinte devem ser selecionados pelo Arquivo e carregados pelo WMB novos lotes de arquivos de um mesmo conjunto documental, como os negativos gerados pela assessoria de imprensa da Secretaria de Governo/Casa Civil nos anos 1960 e 1970. Devem ser realizadas orientações técnicas sobre edições de verbetes e regras éticas da comunidade Wiki e planejamento de projetos específicos como apresentação geral dos fundos e coleções do acervo em cada gênero documental: textual, iconográfico/audiovisual, cartográfico, bibliográfico e hemerográfico, difusão de segmentos específicos, como por exemplo maratonas de edição voltadas para o público interno e comunidade arquivística (instituições de acervo e memória) ou até concursos voltados para comunidade de estudantes e professores universitários que promovam a criação e edição de verbetes utilizando os itens disponibilizados pela parceria. Saiba mais: https://shortest.link/XUl

 

Sobre o Arquivo- O Arquivo Público do Estado de São Paulo é o órgão responsável pela formulação de políticas públicas de gestão documental para o Governo do Estado e possui um rico acervo formado por mais de 34.645 metros lineares de documentação – aproximadamente 25 milhões de documentos provenientes de diversas secretarias de estado, arquivos e entidades privadas. Mais de 400 mil imagens de documentos estão digitalizadas e disponíveis para consulta em nosso site. Acesse: http://www.arquivoestado.sp.gov.br/web/



Carta régia a dom Luís Antônio de Souza Botelho Mourão, governador e capitão-general da capitania de São Paulo, dando a notícia do nascimento da infanta Mariana Vitória de Bragança, para que “se festeje com todas aquelas demonstrações de aplauso e de contentamento que são do costume em ocasiões semelhantes”. (Data: 16 de Dezembro de 1768). Acesse: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Carta_régia_a_D._Luís_Antônio_de_Souza_Botelho_Mourão,_Gov._da_capitania_de_São_Paulo,_Arquivo_Público_do_Estado_de_São_Paulo.pdf



Certificado de doação de ouro para a campanha revolucionária emitido pelo Departamento da Campanha do Ouro. (1 de setembro de 1932). Acesse: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Certificado_de_doação_de_ouro_para_a_campanha_revolucionária_emitido_pelo_Departamento_da_Campanha_do_Ouro,_Arquivo_Público_do_Estado_de_São_Paulo.pdf?uselang=pt


Legenda Imagem da Capa: 

Provisão régia pela qual o Príncipe Regente Dom João VI apresenta o padre Mateus Gonçalves de Andrade como o novo cônego da Sé de São Paulo. O canonicato foi concedido por ter ficado vago, em virtude do falecimento do cônego Antônio José de Abreu. (Data: 16 de Setembro de 1801). Acesse: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Provisão_régia_onde_o_P.R._Dom_João_VI_apresenta_o_padre_Mateus_Gonçalves_de_Andrade_como_cônego_da_Sé_de_SP,_Arquivo_Público_do_Estado_de_São_Paulo.pdf