Artigo
A elaboração do primeiro curso técnico em arquivo do brasil: uma parceria entre Arquivo Público do Estado de São Paulo e Centro Paula Souza
Antonio Gouveia de Sousa; Fernanda Mello Demai; Noemi Andreza da Penha; Aline Santos Barbosa; Flávio Ricci Arantes

Resumo:

Passados cerca de 40 anos da publicação da lei que regulamenta a profissão de Arquivista e de Técnico em Arquivo, o Brasil dispõe de diversos cursos de graduação para formação de Arquivistas, mas apenas um Curso Técnico. Este artigo tem como objetivo apresentar uma descrição de alguns aspectos do processo de elaboração do primeiro Curso Técnico em Arquivo do Brasil, fruto da parceria entre Arquivo Público do Estado de São Paulo e Centro Paula Souza. A metodologia deste trabalho consistiu na análise do plano de curso do Técnico de nível médio, dos documentos utilizados na elaboração do currículo do curso, de fontes bibliográficas e da legislação acerca dos temas da Educação Profissional Tecnológica e do Técnico em Arquivo. Como resultado deste estudo, temos uma reflexão sobre o perfil do profissional de nível médio, uma análise da demanda para a proposição do curso, a apresentação de matriz e plano curriculares definidos pelo grupo de trabalho, com ênfase na distinção das atribuições práticas do Técnico em Arquivo em relação à perspectiva mais ampla das competências de um Arquivista, profissional de nível superior. Além de referência, este artigo acaba sendo um estímulo para que outras instituições proponham a criação de Cursos Técnicos em Arquivo e compartilhem suas experiências.

Palavras-chave: Curso Técnico em Arquivo. Formação profissional. Elaboração curricular. Educação arquivística. Arquivologia.