Artigo
Recomendações para harmonização entre formação, profissão e trabalho no campo arquivístico brasileiro
Beatriz Carvalho Betancourt; Eliezer Pires da Silva; Priscila Ribeiro Gomes

Resumo:

Objetivou-se elaborar recomendações para harmonização entre formação, profissão e trabalho no campo arquivístico brasileiro. Analisaram-se disciplinas curriculares da Escola de Arquivologia (Unirio) quanto a conteúdos e objetos; atribuições profissionais legais do arquivista quanto a objetos e natureza das ações e áreas relacionadas; e competências e habilidades do arquivista descritas em editais de concursos públicos quanto à natureza das ações e áreas relacionadas e conteúdos. Realizaram-se pesquisa documental e bibliográfica em arquivologia, educação, sociologia e história. Propôs-se nove recomendações para harmonização entre formação, profissão e trabalho no campo arquivístico brasileiro que abrangem os parâmetros de flexibilização da Lei de Diretrizes e Bases (LDB); a articulação entre referências disciplinares, atribuições profissionais e demandas do mundo do trabalho; a interdisciplinaridade da arquivologia; o equilíbrio na cobertura das atribuições pelos componentes curriculares; o âmbito gerencial do arquivista; o domínio científico do arquivista; a dimensão educacional entre arquivologia e educação; os conteúdos sobre o universo digital e a história da arquivologia no Brasil.

Palavras-chave: Currículo de arquivologia. Arquivologia e educação. Formação do arquivista. Mundo do trabalho arquivístico